A CONEXÃO ENTRE HABILIDADES SOCIAIS E EMOCIONAIS E SAÚDE MENTAL

 

Elas podem ser desenvolvidas de forma individual e também são favoráveis nos espaços familiares e escolares criando um ambiente de vínculos seguros, acolhedor, respeitoso, solidário e empático que formam estruturas importantes para a promoção da saúde mental. Segundo a OMS este tipo de ambiente e de habilidades são como âncoras para a proteção da saúde mental e vem sendo cada vez mais recomendada nas práticas parentais, para crianças, adolescentes e jovens, bem como, produtoras de resiliência em adultos.

 

As HABILIDADES SOCIAIS E EMOCIONAIS envolvem algumas competências que podem ser desenvolvidas ao longo da vida. O CASEL descreveu as cinco competências essências para o processo de desenvolvimento das habilidades sociais e emocionais:

 

 

AUTOCONSCIÊNCIA: É a capacidade de reconhecer com precisão as emoções e pensamentos   e a sua influência nos comportamentos. Envolve ainda a avaliação de potenciais e limitações, senso bem fundamentado de confiança e otimismo.

 

CONSCIÊNCIA SOCIAL:   É a capacidade de adotar uma perspectiva empática, entender normas sociais e éticas do comportamento.

 

AUTOGESTÃO:  Capacidade de regular emoções, pensamentos e comportamentos de uma maneira eficaz em diferentes situações. Inclui gerenciamento de estresse, controle de impulsos, automotivação e alcance de objetivos pessoais, acadêmicos e profissionais.

 

HABILIDADES DE RELACIONAMENTOS: Estabelecer e manter relacionamentos saudáveis e gratificantes com base na cooperação, comunicação eficaz, resistência a pressões sociais inadequadas, negociação de soluções de conflitos e busca de ajuda quando necessário;

 

TOMADA DE DECISÃO RESPONSÁVEL:  é a capacidade de fazer escolhas adequadas e respeitosas sobre comportamento pessoal e interações sociais com base na consideração de padrões éticos, segurança, e avaliação realista das consequências de bem-estar de si e dos outros.

 

Pessoas com fortes HABILIDADES SOCIAIS E EMOCIONAIS são mais capazes de lidar com desafios do dia a dia amenizando as situações de risco para adoecimento mental. Elas fornecem uma base para efeitos positivos de longo prazo. Estes efeitos são duradouros e ajudam a reduzir índices de depressão e ansiedade e ainda diminuem comportamentos de risco tanto em crianças e adolescentes como em  jovens e adultos protegendo-os de adoecimento mental.

 

Você pode estar se perguntando como posso aprender e desenvolver estas HABILIDADES já que são tão fundamentais para a minha saúde mental?

 

Elas estão agrupadas em um único programa – TREINAMENTO EM HABILIDADES SOCIAIS E EMOCIONAIS – prevenir e promover a saúde mental.

 

Para você saber mais sobre o programa 

Lucinê Costa e Silva

Psicóloga CRP 04/22623

Atualmente inúmeras pesquisas têm comprovado que as HABILIDADES SOCIAIS E EMOCIONAIS são fundamentais tanto para a manutenção da saúde mental quanto ara a sua promoção.

Mas,  afinal o que são HABILIDADES SOCIAIS E EMOCIONAIS?

Segundo o Collaborative for Academic, Social and Emotional Learning (CASEL) é a capacidade de obter e aplicar efetivamente conhecimentos, atitudes e habilidades para gerenciar emoções, estabelecer e alcançar objetivos positivos, sentir e mostrar empatia pelos outros, estabelecer e manter relacionamentos positivos e tomar decisões responsáveis. Estas HABILIDADES podem ser desenvolvidas e estabelecidas através de um processo de aprendizagem assim como aprendemos diversas outras coisas da vida.