• Lucinê Costa e Silva - Psicóloga

QUAL A SUA PRIMEIRA REAÇÃO DIANTE DE UMA CRISE OU ESTRESSE REPENTINO?

Atualizado: Jun 1



Às vezes, precisamos lidar com coisas difíceis que acontecem conosco, umas fora de nós e outras vezes, coisas que acontecem dentro de nós.


Não importa quão mentalmente saudáveis, resilientes ou felizes somos, todos nós passamos por desafios grandes ou pequenos, ou simplesmente inesperados que são capazes de gerar grande ansiedade ou estresse e, na maioria das vezes não paramos para perceber de que forma estamos lidando com eles.


Há, no entanto, estratégias de enfrentamento que podem fazer muita diferença. Algumas podem ser saudáveis e desenvolvem resiliência, outras podem ser altamente destrutivas.


Pare um pouco agora e pense em uma situação difícil que você esteja vivendo, e reflita se está lidando com ela de forma saudável ou não. Qual a sua primeira reação?


Você planeja superá-la? Conversar com seus amigos ou familiares? Evitar ou enfrentar a situação? Perde o controle das emoções? Ou tenta esconder o medo e a insegurança recorrendo a alimentos que “confortam” ou outras substâncias?


Existem muitas maneiras diferentes de se adaptar a uma situação estressante de forma positiva. Geralmente investimos um grande esforço consciente e inconsciente para resolver problemas e reduzir o estresse.


Este esforço está ligado a um conjunto de estratégias que utilizamos para nos adaptarmos à situação, elas estão ligadas aos nossos pensamentos, emoções e comportamentos e dependem do estilo de personalidade. Se você é uma pessoa sociável e amigável é bem provável que use habilidades de enfrentamento focadas em soluções e baseadas em comunicação para se livrar de seus problemas. Pelo contrário, uma pessoa tímida pode usar estratégias de enfrentamento voltadas para o recolhimento e análise da situação.


Abaixo estão descritas algumas estratégias de enfrentamentos que utilizamos diante de desafios elencadas por Richard Lazarus e Susan Folkman:


  1. Autocontrole - Tentamos regular nossas emoções em resposta ao estresse.

  2. Confronto - Enfrentamos a pressão para mudar a situação e trazê-la de volta a nosso favor.

  3. Suporte social - Conversamos com outras pessoas e procuramos conexões sociais para nos ajudar a sobreviver a um momento difícil.

  4. Distanciamento emocional - Permanecemos indiferentes ao que está acontecendo e impedimos que a angústia controle nossas ações.

  5. Fuga e evasão - Negamos a existência de estresse como resposta de enfrentamento.

  6. Aceitação radical – Recorremos à autoaceitação incondicional para se adaptar às adversidades.

  7. Reavaliação positiva - Procuramos encontrar a resposta na luta e dela crescer.

  8. Solução estratégica de problemas - Implementamos estratégias específicas focadas em soluções para superar os momentos difíceis e redirecionar nossas ações.


É importante observar que as estratégias voltadas para o distanciamento e fuga se durarem por muito tempo podem trazer outros tipos de sofrimento.


Qual destas estratégias você geralmente utiliza para lidar com os problemas da vida?

Trabalhe seus pensamentos, emoções e comportamentos de acordo com a estratégia que mais funciona com você para que este desafio que está vivendo te torne ainda mais forte.

Se precisar de ajuda conte comigo e agende um atendimento online ou presencial


Um abraço


Lucinê Costa e Silva – Psicóloga

CRP04/22623